Brasil começa a exportar ovos para a África do Sul

Após a liberação do Certificado Sanitário Internacional, comércio dos produtos in natura e processados está autorizado

A África do Sul abriu o mercado para ovosinnatura(líquidos) e processados (congelados) do Brasil, informou oMinistério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.Segundo a pasta, com a liberação doCertificado Sanitário Internacional (CSI), o comércio foi liberado. A partir de agora, a autoridade sanitária do país pode emitir permissões de importação para os produtos brasileiros.

As exportações brasileiras chegam em apenas 19 dias à África do Sul, frente aos 31 dias de prazo de produtos dos Estados Unidos.Mais de 50 países já recebem os ovos produzidos no Brasil, exportação que movimentou US$ 110 milhões em 2016.

"O início das exportações brasileiras de ovosin naturae ovos processados para a África do Sul reitera a qualidade e a sanidade do produto brasileiro e contribui para o fortalecimento do setor agropecuário, ampliando e diversificando as exportações", afirmou o secretário de Relações Internacionais, Odilson Luiz Ribeiro e Silva.

Ovos férteis

Além dos produtosin natura, está sendo negociado com a África do Sul o modelo de Certificado Zoosanitário Internacional (CZI), para material genético avícola (ovos férteis) do Brasil.

Fonte: Governo do Brasil, com informações doMinistério da Agricultura,Pecuária e Abastecimento

Deixe um comentário