Paulo Taques foi preso no final da manhã de hoje

ex-secretário chefe da Casa Civil Paulo Taques foi preso no final da manhã desta sexta (4). Além disso, foi cumprido um mandado de busca e apreensão, em sua casa no residencial Florais, na Capital.

O despacho é assinado pelo desembargador do Tribunal de Justiça Orlando Perri. "Ele foi preso naquele inquérito em que ele acusa uma delegada de fazer grampos", revela a delegada Ana Cristina Feldner, responsável pela investigação do caso. Duas delegadas foram citadas como autoras de grampos: Alessandra Saturnino e Alana Cardoso.

Paulo já está preso. Ele é primo do governador Pedro Taques (PSDB). Deixou a equipe do Executivo após o escândalo dos grampos ilegais vir à tona.

Ele é apontado como mandante da interceptação contra a sua ex-amante Tatiane Sangalli. Saiu da pasta antes da denúncia ser exibida pelo Fantástico e foi substituído pelo então adjunto José Adolpho.

OAB

O presidente do Tribunal de Defesa das Prerrogativas da OAB-MT, André Stumpf, informa que Paulo Taques dispensou o acompanhamento da Ordem.

Com RDNews

Pármenas Alt28,044 Postagens

A estrada é longa e o tempo é curto. Não deixe de fazer nada que queira, mas tenha responsabilidade e maturidade para arcar com as consequências destas ações.

Deixe um comentário